sexta-feira, 1 de junho de 2007

Confúncio do Planalto não quer perder boquinha “sagrada”

Mangabeira Unger, “Confúncio brasileiro” e pensador que em 2005 acusou Lula de corrupto com grande virulência e foi o primeiro lacerdista a pedir o impeachment do Presidente, faz de tudo para permanecer Ministro da Secretaria de Ação de Longo Prazo.

A propósito I: a sigla da Pasta que dirigirá é SeAlopra.

Ele esteve ameaçado de perder o cargo que ainda nem tinha assumido em função de imbróglio judicial que tem com a Brasil Telecom por desentendimentos do período que trabalhou com Sua Santidade Daniel Dantas.

A propósito II: o Confúncio brasileiro, que não quer perder por nada a boquinha de realizar sua “Missão na Terra”, diz que o cargo de Ministro que ocupará é “sagrado” [tóing!!].

BiruTaDoSuL publicou tempos atrás outras “obras completas” sobre o Confúncio brasileiro, que valem ser lidas através de uma clicadinha aqui

Um comentário:

Claudia Cardoso disse...

É, os "aloprados" petistas parecem ter feito escola: o Pres. Lula chamou Confúcio para trabalhar com ele, criando uma pasta, cuja sigla tem tudo a ver com esta barbaridade! Hm...